fbpx

Pode haver várias razões para alguém instalar o MacOS num computador com Windows 10, ou até mesmo Linux.

Antes de tudo, é bom ressaltar o facto que a Apple não autoriza a instalação do seu sistema operativo em hardware que não lhes pertença.

Com isto, é ilegal efetuar uma instalação de MacOS num computador que não seja Apple.

O MacOS é distribuído gratuitamente através da App Store.

Apesar de tudo isto, uma pessoa pode necessitar de usar o sistema operativo rival da microsoft.

Desde programar para iOS, iPadOS ou até mesmo para experimentar antes mesmo de gastar tanto dinheiro num computador novo.

Uma solução para usar o MacOS é instalar uma máquina virtual, que irá criar um ambiente onde seja possível a instalação do mesmo.

Para isso, deve instalar um destes softwares, tais como VirtualBox (gratuito) ou VMware (pago).

Para proceder para a instalação do MacOS numa máquina privada, é necessário que o hardware do seu PC tenha os requisitos minímos ou recomendados.

Requisitos mínimos:

  • 4 GB RAM
  • Intel Core i5 (3ª geração)
  • 64-bit sistema operativo

Para fazer a máquina virtual rodar o sistema operativo, é necessário também ativar a virtualização na BIOS/UEFI.

Intel VT-d Tech deve estar ativado na BIOS/UEFI em modos de fazer a virtualização.

Os requisitos recomendados são:

  • 8+ GB RAM
  • Intel Core i5 (geração mais recente, melhor)
  • 64-bits sistema operativo

A virtualização tem de ser ativada na BIOS/UEFI da mesma forma.

Apesar de óbvio, é necessário descarregar o MacOS desejado no formato correto, dependendo do software que esteja a usar.

Apesar de este artigo estar mais voltado para CPUs Intel, também é possível fazer o mesmo em CPUs AMD.

A partir daqui, basta seguir os passos do software, como o sistema operativo a instalar.

Escreva MacOS e o software vai sugerir o MacOS X. Mude o nome para a versão de MacOS que tiver.

Selecione a versão de MacOS que descarregou.

Após isto, tem de escolher quanto a máquina virtual e o MacOS podem usar de memória.

O minímo recomendado são 4GB mas quanto mais de memória der permissão para ser usada, mais fluída a experiência do novo sistema operativo vai ser.

Selecione a quantidade de RAM desejada.

Configure a máquina virtual com as suas preferências como nas imagens na galeria abaixo.

Para terminar, terá de escolher um disco para instalar o sistema operativo.

Use um disco virtual existente como no exemplo abaixo.

Selecione a opção: Usar um disco virtual existente.

Após isto, se tudo foi configurado do jeito certo, pode iniciar a máquina virtual e o MacOS começará a funcionar.

Terá que configurar o MacOS do mesmo modo que teria caso estivesse a usar um computador Apple pela primeira vez.

Configure o MacOS como novo.

Depois de configurado como novo, pode usar o MacOS normalmente.

Dependendo do seu hardware, a sua experiência de uso pode ser melhor ou pior do que uma experiência original.

Tenha em mente que esta solução só é uma alternativa para experimentar o sistema da Apple antes de obter um de facto.

É crime usar o sistema operativo da Apple em hardware não ofícial devido ao facto da Apple não distríbuir licenças para equipamentos não Apple.

Use sobre o seu próprio conhecimento e risco.

Diga nos comentários o que achou do artigo, se conseguiu instalar uma máquina virtual e se tudo está a funcionar bem!


Miguel

Sou uma pessoa apaixonada por design e web design e espero um dia ter uma companhia que junte tudo o que mais amo fazer.

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *