fbpx

Facebook rastreia utilizadores mesmo com a localização desativada.

Os escândalos do Facebook não param. Em 2019, o Facebook sofreu com múltiplos ataques e teve de comparecer em tribunal americano devido à falta de segurança na rede social.

O Facebook admite agora que rastreia os utilizadores da rede social, mesmo com a opção de localização desativada, numa carta aberta para os senadores americanos Chris Coons e Josh Hawley na rede social, onde falam sobre o assunto.

No documento obtido pelo jornal The Hill e posteriormente partilhado no Twitter, o Facebook informa que tal é necessário por causa da segmentação dos anúncios e para fortalecer o combate às fake news.

Como o Facebook obtém a localização?

Na carta aos senadores, o Facebook detalha que a forma como obtém os dados de localização de cada utilizador é feita de três formas. A rede social utiliza o check-in, com a identificação de fotos no Facebook e com o endereço IP.

A companhia disse também que conta com uma equipa de especialistas que lidam com estes dados com APIs específicas que possibilitam descobrir a localização com um acerto bastante impressionante.

Default image
Miguel
Sou uma pessoa apaixonada por tecnologia e em viajar pelo mundo. Fundador do projeto Wordspread.
Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

O Wordspread usa coockies.

Por favor aceite os coockies neste website. Se rejeitar a experiência poderá ser afetada, mas nenhum dado será guardado.