fbpx

Google Stadia: Um fracasso (in)esperado.

A Google bem que prometeu, mas no fundo não cumpriu. A nova plataforma de jogos da Google, o Google Stadia foi lançado oficialmente na semana passada, no dia 19 de novembro e as críticas estão pesadas.

Uma das promessas que a Google fez no anúncio do seu serviço de streaming sobre os jogos serem disponíbilizados a 4K e 60 FPS não foi cumprida.

A Google colocou as culpas sobre as empresas que produziram os jogos, devido ao facto de terem sido estas a não produzir o jogo com essa qualidade gráfica, mas que a tecnologia estava presente para ser usada.

Acho que se uma empresa e lança um serviço com a promessa de algo, então esse serviço deve ser lançado com essas mesmas funcionalidades. Neste quesito culpo a Google por não ter andado em cima das empresas para que o produto final fosse o prometido.

O pior desta situação é que o Google Stadia tem um plano de subscrições, sendo que esta resolução estaria presente para quem pagasse pelo serviço.

Outros problemas é o facto de que a Google prometeu no lançamento pelo menos 22 jogos, o que se veio a tornar noutra mentira.

O Google Stadia chegou ao mercado com apenas 12 jogos. Isto é relativamente pouco para muita gente que acabou por fazer a pré-reserva e esperava bem mais do que apenas 12 jogos no seu catálogo.

Fonte: Polygon

Quem fez a pré-reserva deveria de ter acesso a um código de acesso, mas muita gente viu o lançamento a decorrer e não receber o código que necessitavam, tendo a Google pedido desculpa pelo sucedido posteriormente.

Vários bugs foram relatados e para piorar, alguns jogadores reclamaram bastante dos lags constantes que estavam a ter durante a jogatina.

O Chromecast Ultra que permite transmitir o jogo a 4K também teve bastantes problemas a lidar com o serviço Stadia, tendo muitos deles, chegado a temperaturas quentes demais para serem usados.

O Google Stadia veio para lutar de frente com a Sony e Microsoft, mas no final de contas, está a ter um mau começo e isso pode prejudicar bastante a Google numa primeira fase.

Fonte: The Verge