fbpx

Vale a pena comprar o iPhone 11 em 2020?

Muitas pessoas nunca tiveram um iPhone, outras mudam de iPhone todos os anos e outras mantém o seu smartphone durante anos. No artigo de hoje vou escrever o que penso sobre o iPhone 11 e as suas variações e dizer se vale a pena ou não fazer um upgrade, ou se guardar o dinheiro na carteira é melhor.

iPhone 11

O iPhone 11 foi a aposta da Apple de 2019-2020 e é a variante lançada mais barata e mais modesta. O design lembra bastante o iPhone XR, o smartphone da empresa lançado como um modelo mais económico em 2018, mas com traços do iPhone X.

O diferencial destes smarphones é as câmeras que estes equipam e o seu ecrã. o iPhone 11 está equipado com o mesmo chip A13 Bionic, como nas suas variações mais caras e apesar de ter menos memória RAM, os iPhones são conhecidos pelas suas ótimas optimizações, que permitem um uso bastante fluente e sem perdas de performance.

O iPhone 11 traz consigo um conjunto de câmeras duplas na sua traseira, contando com uma câmera de grande abertura (wide) de 12MP e outra ultra wide também com 12MP, que são câmeras excelentes para qualquer utilizador do dia-a-dia, ou alguém que não necessite do seu iPhone para uso profissional, tal como um fotógrafo.

A bateria do iPhone 11 é uma das melhores baterias num iPhone, e dependendo do uso, pode até mesmo aguentar dois dias longe de um carregador.

O ecrã do iPhone 11 é LCD ao contrário das suas outras variantes, sendo este apenas um ecrã de alta definição (HD). Apesar de ser um ecrã de qualidade inferior, as suas imagens são bastante bonitas e uma pessoa que use o seu smartphone para fazer chamadas, verificar emails e fazer facetime com a sua câmera frontal de 12MP (megapíxels), faz o iPhone 11 ser o smartphone ideal.

iPhone 11 e iPhone 11 Pro

Estas são as variantes mais caras e com foco em profissionais, ou quem tem o gosto de querer sempre um topo de gama.

O iPhone 11 e iPhone 11 Pro são idênticos, exceto nos seus tamanhos e nas suas baterias.

Ambos os iPhones contam com um ecrã 4K HDR OLED, o que é excelente para consumo de mídia, tal como para ver a sua série favorita na Netflix ou para criação de conteúdo. Ambos os iPhones estão extremamente bem optimizados e a bateria é incrível, sendo a melhor bateria que já experiênciei num iPhone. Parece impossível o quão boa ela é!

Para um uso intensivo, as variantes Pro levam o seu nome além e ninguém precisa de ter medo de ficar sem bateria a meio do dia, pois estes iPhones aguentam um dia de uso pesado facilmente, sendo que no meu caso, com um uso mediano, aguenta facilmente dois dias sem carregar, sendo que se o usar um pouco menos, aguenta dois dias e meio até três dias de uso.

Os iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max estreiam um conjunto de câmeras triplas na sua traseira, sendo que na sua frontal, temos a mesma câmera de 12MP do que no iPhone 11. Estas variantes do iPhone contam com uma grande angular de 12MP (wide), outra ultra wide de 12MP e outra câmera telefoto, também com 12 MP.

Este conjunto de câmeras é excelente e pela primeira vez a Apple disponibilizou o modo noturno nestes modelos premium, com resultados excelentes, sendo um iPhone ideal para profissionais.

Veredito

Sei que um iPhone novo na mão é sempre bastante empolgante, mas nem sempre a melhor escolha. Os iPhones são conhecidos por não perderem muito valor comercialmente e por se manterem bastante fluídos durante anos, recebendo atualizações, quase sempre, depois de 5 anos após a compra.

Os iPhone 12 já saíram e trazem consigo um novo visual e 5G, mas eu não consigo aconselhar ninguém a optar por um iPhone 12 de momento, a não ser alguém que queira um iPhone mais pequeno, o que nesse caso, só pode optar pelo iPhone 12 mini.

O iPhone 11 é tão semelhante ao iPhone 12 em especificações, que a própria Apple removeu a venda destes smartphones para não prejudicar a venda do iPhone 12. Sabemos que isto é verdade, quando a empresa mantém o iPhone XR ainda à venda, sendo que o iPhone 11 poderia muito bem substituir o iPhone XR, pois fora a melhoria de câmeras e de processador, estes são bastante semelhantes.

Não consigo dizer a alguém para gastar bastante dinheiro para mudar para o iPhone 12 quando estes já tem o iPhone 11, nem consigo dizer que deveria de ir para o mais recente, se tiver a oportunidade de comprar o modelo do ano passado.

A verdade é que fora a mudança de design que é muito bem-vinda, e a adição do 5G, esta última ainda não pode ser usada corretamente, e não vale a pena investir em algo hoje, que só irá de facto fazer diferença daqui a dois anos, onde um novo iPhone estará no mercado e que possivelmente será um investimento mais acertado.

As versões do iPhone 11 são bastante capazes e não irá ter problemas em nenhuma altura. Eu recomendo se manter mais um ano com esta versão ou tentar comprar um modelo do iPhone 11, seja Pro ou não, por um preço mais em conta, com uma performance bastante semelhante ao modelo mais recente.

Rumores apontam que pelo menos um modelo do iPhone 13 irá ser completamente sem fios e com avanços que a Apple queria trazer este ano e não conseguiu, tal como o Pro Motion, sistema de 120Hz no ecrã, sendo muito mais fácil de recomendar, do que os avanços que o iPhone 12 trouxe.

Caso esteja à procura de um iPhone mais pequeno, então sim! O iPhone 12 Mini é uma excelente compra, porque o último modelo lançado pela empresa numa forma tão pequena, foi o já velhinho iPhone 5S.

Default image
Miguel
Sou uma pessoa apaixonada por tecnologia e em viajar pelo mundo. Fundador do projeto Wordspread.
Articles: 88

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.